sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Ah, meu bem...

Meu bem, não minta que essa vida já é complicada demais, não faça toda essa cena, não invente mais nenhum problema, evite essas rugas a mais.

Ô, meu bem, nem faz tanto tempo que tava tudo bem, all right, ok. Mas do nada esse tudo despenca, esse tudo desaba e me faz chorar outra vez.

Por que deixar-se ir? Crie raízes, acampe um sorriso no meu jardim, pra sempre. Por que deixar acabar? Foi tudo tão lindo, foi tudo tão certo... Vem comigo, monte acampamento onde sempre foi pra você ficar.

Se fixa, meu bem. E preste atenção, está bem?! Chega de mansinho, me faz um carinho, me chama de amor. Que aí eu tento esquecer tudo; toda lama, todo drama, e vou ficar só com você.

Me dá um sorriso, uma piscadinha, não franze essa testa não. Eu não quero mais esse problema, eu quero uma solução. Faz assim então, você dá meia volta, bate na minha porta e se apossa do meu coração.

Ah, meu bem, eu tinha tudo nas mãos. Ah, meu bem, você sempre foi a minha resposta. Vou te provar por a mais bê que a vida lá fora é só nossa, mas que, pra ser de nós dois, tem que haver eu mais você.


Luisa Iva Maia Forte

02/02/2010



Dizem que a vida da gente começa depois do carnaval, então, Bom começo de ano pra todo mundo!

Ponto final.

12 comentários:

Bia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia disse...

"Ô, meu bem, nem faz tanto tempo que tava tudo bem, all right, ok. Mas do nada esse tudo despenca, esse tudo desaba e me faz chorar outra vez."

Que mania de saber escrever o que eu nem comecei a encontrar palavras pra expressar!
E da última vez que eu pensei isso de alguém, tava lendo Caio Fernando Abreu =P

rayssa disse...

=O Cada vez que passo por aqui, me surpreendo mais! Esse texto ficou tão lindo! :D Parabéns Lu!

Tuti '-' disse...

Adorei seus textos, devia aumentar um pouco a frequência das postagens. Ia ser um prazer à mais na internet. Mas desde que não abandone de vez, tá ótimo,

lety disse...

Pois é... Só sei que pra me encantar é só estar aqui! Cantinho do sonho! Te Amo, Estrela! E parabéns mais uma vez! ^^

Thiago disse...

Lú,
Até seus textos em prosa têm cara de poema. Adorei =D

Leonardo Castelo disse...

que profundo, seus textos conseguem tocar meu coração, parabéns mesmo !

Thiago De Brito disse...

Estaca fincada, barraca montada e raizes criadas...
Sem demais, contudo mais um belo texto.
Essa criatividade e o dominio das palavras não tem fim né Dona Luisa ;)

Beijo
e Parabéns! ;D

Leonardo Marques disse...

Amei seus jeito atual de escrever. Poemas são feitos para ser clássicos, mas confesso que prefiro a sua maneira de escrever. Faz nós sentir mais próximos do tema retratado.
Parabéns!

kilder disse...

muito bonito e singelo o teu texto, sua maneira de escrever me lembra alguns livros antigos, de criança, não sei bem o porque dessa lembrança!!!! parabéns.

Guilherme Britto disse...

Faço das palavras de "Tuti" minhas palavras: "...devia aumentar um pouco a frequência das postagens. Ia ser um prazer à mais na internet. Mas desde que não abandone de vez, tá ótimo."

=D

Beijos!

Julia disse...

Mais um maravilhoso Irmã! *-*
Parabéns!