segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Puxadinho

Não sou sua metade, amor, e nem você a minha, pois, se fôssemos, seríamos incompletos a sós. Você sem mim continua a viver e eu também continuo sendo eu sem você.

Não sou metade incompleta, não tenho meio coração, meio estômago. Sou integral e completamente eu. Um eu em solidão, nem triste e nem feliz. Eu, só.

Você também não é incompleto, é cheio, cheio de si e da sua essência. Precisando talvez de um tempero a mais, de uma cor a mais, mas, sem mim, você é você.

Não podemos admitir que somos vazios, amputados de parte de nós. Não somos meio, somos a totalidade. Um total descolorido e até sem graça, mas somos o todo.

Minha casa já veio alicerçada, com todas as quatro paredes. Quarto, cozinha e banheiro. Paredes de cal, telhado. Você é meu puxadinho, minha salinha de TV, com estante de livros e um belo sofá. Você é a parede colorida da sala, as almofadas, a mesinha de centro, o porta-revistas, o videogame. Você é a parte consciente que me faltava; minha estante de livros.

Sua casa também já veio alicerçada. Quarto, cozinha e banheiro. Paredes de cal, telhado. Mas eu sou seu puxadinho, meu amor. Sou a varanda arejada, a rede, a churrasqueira de tijolinhos. Sou a poltrona acolchoada, as rosas do canteiro. Eu sou a parte aconchegante que te faltava; sua rede.

Podemos viver sós: paredes de cal, telhado, quarto, cozinha, banheiro. Não precisaríamos de mais. Mas queremos. E, por procurar algo que nos dê ânimo, somos dois, em união. Nada tiro de ti, nada extrais de mim. Completamo-nos graciosa e misteriosamente. Sou sua rede, você é minha estante. Sou sua churrasqueira, você é meu sofá.

E, com tanto aconchego, tanta beleza, quem é doido de querer ser só?!


Luisa Iva
em 01/02/2009



Mais um mês começando hoje! Que fevereiro traga boas supresas!

Aproveitando o espaço para dar um parabéns enorme, sorridente e vibrante para a Bia, a mais nova jornalista! Parabéns, querida, você mereceu muito.

Parabéns também aos aniversariantes do finzinho de janeiro e de fevereiro! Em especial a minha irmãzinha linda e aos Thiago's (três, pra ser mais exata).Felicidades a todos!

E, para terminar, um grande beijo a todos que acompanham o blog, em especial para Mabi e Vê que, mesmo longe, não esqueceram de mim. E também aos que andam colocando meus textos no orkut. Estou ficando famosa por lá! hehehe
(Falta muuuuito ainda!)


Acho que terminei.
Ponto final cheio de carinho.

8 comentários:

Bia disse...

e esse puxadin! HAHAHAHA adoreeeeeei..bom demais! beijo lú, arraaaaaaasa!

rayssa disse...

Chorei cara!
que texto lindo, Lú!
Parabéns prima!
Você sabe que é a favorita! ;p

Manulela disse...

Lindo, lindo! você é maravilhosa, Luisa! Não tenho nem o que falar.. hahah
beeeijos! te amo muito

Bia disse...

Uaaaau, quebrando conceitos românticos! Abaixo o "não existo sem você"? paoskaoskaoskaokso
Seus textos são sempre lindos, Lú!
E OBRIGAAAAAAAADA pela homenagem *-* que fofa!
Tenho certeza que vc vai ter a mesma sorte em breve!
Beijão, futura advogada (e eterna escritora)!

Verônica disse...

Paaarabéns pelo texto, Lù, muiito lindo mesmo =) e obrigada pelo beijinho. Nunca vou esquecer de você, amiga! Continue assim, sempre! Beijão (L

Amanda Fievet disse...

Parabéns pelo texto, Luisa. Sensacional, mesmo. Aposto que se começasse a aparecer nos perfis do orkut sem sua autoria começariam a dizer que é do Jabor, pelo menos eu, diria. =)

Thiago disse...

Parabéns Lú!
Você continua encantando com os seus textos.
Cada um mais bonito que o outro.

E muito obrigado pelos parabéns !
=D

Beijo.

Julia disse...

'irmãzinha linda' foi meio forçado, ou não? hahaha o texto está lindo! maravilhoso Lu, parabéns pra você! *-*