terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Esperanças do novo ano

A partir de hoje e, enquanto eu puder garantir a minha sanidade mental eu quero mais!

Mais de tudo que for colorido e tiver gosto de açúcar, caramelo, pipoca e pizza
Mais dos sonhos que antes eu não pude sonhar
Mais dos sorrisos que eu economizei por motivos tolos
Mais beijos demorados que falam mais que todas as declarações de amor
Mais dos abraços apertados que parecem quebrar costelas
Mais da liberdade de sonhar, seguir e expressar o que sinto

Mais um pouco de silêncio
Mais um tanto de barulho
Mais sombra e água fresca
Mais suor pra deixar as recompensas merecidas
Mais de tudo que eu deixei e me arrependi
Mais do que eu conquistei e não quero largar

Mais aventuras pra eu contar pros meus netos
Mais juízo pra eu não me arrepender
Mais amigos pra multiplicar as conquistas
Mais coragem pra ser quem sou
Mais força pra ir onde quero

Mais sonhos leves como algodão doce
Mais música, mais poesia
Mais saúde pra batalhar
Mais sorte, mais destino-amigo
Mais felicidade, porque a coisa mais linda do mundo é ser feliz
Mais amor, porque sem amor não existe "nós"


Em 2011 eu quero tanto, eu quero tudo que as minhas mãos possam agarrar. O que não puderem, eu deixo pra quem pode. O que eu quiser e não conseguir, eu tento depois. Mas, o que eu puder alcançar, será meu, eu prometo pro meu espelho hoje e prometerei todos os dias: o que eu puder alcançar será meu!


Feliz dois mil e onze!
Feliz novo ano!
Feliz nova oportunidade pra viver e ser feliz!


Ponto final, cheio de esperança.

2 comentários:

Guilherme disse...

Concordo tbm espero melhores portunidades para 2011
...
A esperança e a ultima q morre!

Anônimo disse...

Eu quero tudo, pode ser?