quarta-feira, 21 de julho de 2010

Instantâneo

Em três minutos
Vou te dizer o que venho pensando
Há tempos, meu bem.

Tic Tac

O mundo dá voltas
Mas hoje ele gira mais rápido
É fast.
Very fast.

Tic Tac

Eu venho pensando em nós
Admito.
E não foi rápido pensar no que dizer.
Mas digo.

Tic Tac.

Tá acabando o tempo
Hoje em dia o relógio manda.
Vou falar rapidinho
Pra não incomodar.

É fast.

Tic Tac.

Eu te amo.
É só.
É fast.

Tic Tac.

O miojo cozinhou
Vou desligar.
Até mais, meu bem.

Tic Tac.

Tu Tu Tu...



Luisa Iva

em 21/07/2010


Ponto final.

7 comentários:

indivídua disse...

*..........................*

que coisa mais bonitinha!!!!!!

J. Valentin disse...

Adorei o texto. Adorei como você utilizou as palavras certas, nas horas exatas. O tempo é fast, very fast. Adorei mesmo, meus parabéns. Adorei o blog!

J. Ar-Feinel disse...

"É fast, very fast"
Infelizmente, pois assim as coisas deixam saudades ou mal conseguem ser saboreadas, embora seu valor aumente, pois tornam-se cada vez mais raras.

Gracinha teu blog >.<!

Se puder me fazer uma visita, ficarei feliz! ^^
www.alittledelving.blogspot.com

Ítalo Richard disse...

Muito legal. Romantico (ou nem tanto), mas bem humorado!

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

Anônimo disse...

Criatividade pulsando no seu Blog!

Adorei esse poema, parece que você fez mesmo ele em três minutos, o tempo de um miojo ficar pronto!

Valeu!

Anônimo disse...

Muito criativo e divertido, hehe! Lindo o blog (:

Luís Felipe Sá disse...

eh menina...
o homem foi comido pelo relogio. Quanto mais a gente detalha o tempo, fragmenta-o, mais ele exige do homem... ficou foda luu
beijos